Atividade 1 - Grupo 6

No início do século XX, a arte literária passa por uma renovação na sua estrutura e principalmente na linguagem que ocasiona no período uma grande revolução a sua arte. Fundamental desse novo movimento exerceu o papel de transição em sua base, que antes era caracterizada de regras para sua composição e desde então passou a ser contra as regras e propôs palavras em liberdade que causaria grande repercussão e estranhamento no público leitor. Mas desde sempre tudo que é novo causa de início certa indiferença, no entanto, com a arte modernista isso foi motivo para que se impusessem e ganhassem espaço, formando um novo período literário.

É importante salientar que foi um período de transformações políticas e sociais marcantes. Na política, o capitalismo ganhou corpo a medida em que a industrialização impulsionava o materialismo que diretamente se ligava ao poder, consequentemente, as diferenças sociais se tornaram ainda maiores. Quem detinha o capital ditava os rumos, enquanto que a classe pobre ficava cada vez mais, a mercê dos desmandos dos primeiros. Em suma acabavam se tornando mão de obra barata e manipulável.

Nesse sentido a literatura atua firmemente, denunciando e apontando saídas prováveis para se obter qualidade de vida. Dessa forma, a literatura se tornou uma ferramenta de luta em prol da classe desprestigiada, era o cotidiano se tornando arte, as falas das ruas em lugar do padrão culto.

A Literatura tem o poder de transformar o ser humano enquanto pessoa e enquanto ser que vive em sociedade, e é sem sombra de dúvidas o melhor mecanismo para atingirmos as transformações sociais e politicas que queremos e de fato merecemos.

O século XX foi o período que se notabilizou pelos inúmeros avanços tecnológicos, conquistas da civilização e reviravoltas em relação ao poder. No entanto, esses anos podem ser descritos como a época dos grandes massacres, já que nunca se matou tanto como nos conflitos ocorridos no período. Em muitos países da Europa e da Ásia, o século XX também foi largamente apelidado de Século Sangrento. O historiador Eric Hobsbawn considera, de maneira figurada, o século XX como o período entre a eclosão da Primeira Guerra Mundial, em 1914, e o Colapso da União Soviética, em 1991. Hobsbawn chama esse período de Era dos Extremos.

No século XX ocorreram mudanças importantes como na Europa que o Império Britânico alcançou o ápice de seu poder. Império alemão e Reino de Itália, que passaram a existir como nações unificadas no final do século XIX, trataram de crescer em poder, economia e influência. Com o nacionalismo à toda a força nesse momento, as potências europeias competiram entre si por terras, força militar e poderio econômico.

Referência:

http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A9culo_XX

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License