Atividade 1 - Grupo 8
250px-Elizabeth_II,_Buckingham_Palace,_07_Mar_2006_crop.jpeg

Rainha Elizabeth

O modernismo é considerado o avanço, a quebra do passado, momento em que uma época se encontra em transformação, essas são algumas características do Modernismo Inglês, onde a sociedade Inglesa do início do século XVIII viu suas cidades lotarem de cidadãos em busca de emprego. As indústrias com suas produções em massa veio extinguir a renda dos pequenos produtores e artesãos.

A Revolução Industrial teve início no século XVIII, na Inglaterra, com a mecanização dos sistemas de produção. Enquanto na Idade Média o artesanato era a forma de produzir mais utilizada, na Idade Moderna tudo mudou. A burguesia industrial, ávida por maiores lucros, menores custos e produção acelerada, buscou alternativas para melhorar a produção de mercadorias. Também podemos apontar o crescimento populacional, que trouxe maior demanda de produtos e mercadorias. A sociedade moderna tem sua base desenvolvida sobre o capitalismo, sempre estando envolvida em muitas descobertas e invenções, marcada por competições e pelo aumento das exigências cobradas de cada indivíduo, tendo uma grande multiplicação das necessidades individuais, onde o que sempre prevalecia era o desejo de prazeres materiais, o descontentamento com a pobreza e conflitos religiosos e a desvalorização dos princípios éticos e pelos ideais das influências sociais.

Segunda-Revolu%C3%A7%C3%A3o-Industrial.jpg

A sociedade torna-se dividida em classes, tendo como base a exploração e a opressão dos operários, ou seja, o capital ficava na mão de uma minoria que controlava toda a sociedade com suas fortunas. A classe trabalhadora não detinha nenhum poder para tomar decisões e tem que obedecer aos detentores do poder capitalista. Já a classe dominante é formada por aquelas pessoas que tem poder sobre a economia ou o estado e que controlam a sociedade.

Como toda mudança é impactante e tem suas formas de se concretizarem em determinadas sociedades pelas artes, na literatura deixou sua marca, pois os literatos também buscaram representar todo este avanço tecnológico de maneira inovadora. O modernismo foi um movimento literário e social que teve como símbolo deste avanço, a Rainha Elizabeth, por isso ele também pode ser conhecido como período Elisabetano. Tendo como objetivo o rompimento com a tradição do que estava acontecendo nos movimentos anteriores, eles buscavam a independência cultural do país, buscavam novos ideais, deixando de lado aqueles mais antigos, que consideravam ultrapassados. Eles queriam criar algo livre, fazer uma descrição da realidade utilizando a nacionalidade como fonte de inspiração já que estavam passando por um procedimento de industrialização. Mas, logo percebemos que a sociedade não ficou satisfeita com a modernidade, que explorava os operários e discriminava os cidadãos de baixa renda.

A tecnologia tem o seu papel fundamental na sociedade moderna, como por exemplo, os grandes avanços na área da saúde, comunicação, educação, transporte, etc. Isso, quando utilizada com a finalidade de promover o bem comum da sociedade. Mas na maioria das vezes não está sendo e sua função está sendo como mecanismo de controle do sistema capitalista, ou seja, dos ricos sobre os pobres.

A Era Vitoriana foi considerada como a porta inicial do modernismo. Sendo que nesta época inicia o processo de industrialização. As mulheres passam a trabalhar nas fábricas, as crianças também trabalham, os estrangeiros estão em busca de serviço, por isso a mão de obra era barata e aumento significativo do número de cidadãos na Inglaterra. A principal diferença destes períodos é a Revolução sexual, que derivou da Revolução Industrial. Com o avanço da ciência criando novos métodos anti-concepcionais e a desvalorização da mulher no mercado de trabalho, elas vão em busca de seus direitos, e igualdade de tratamento.

Referências: <http://www.suapesquisa.com/industrial/>
<http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_Industrial>
<http://www.pephes.uem.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=36:a-inglaterra-moderna-e-a-crise-do-absolutismo-no-seculo-xvii&catid=4:textos-para-discussao&Itemid=15>

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License