Atividade 2 - Grupo 10

Primeira Guerra Mundial

Durante a metade do século XIX, as nações imperialistas dominaram povos e territórios em diversas partes do mundo. Assim, em poucas décadas, acumularam riquezas e aumentaram muito sua capacidade de produzir mercadorias. Da disputa por mercados consumidores entre essas nações nasceu a rivalidade. E desta, a Primeira Guerra Mundial. Além da disputa por mercados, existiram também outras razões para a eclosão da guerra. A Primeira Guerra Mundial decorreu, antes de tudo, das tensões advindas das disputas por áreas coloniais. Dos vários fatores que desencadearam o conflito destacaram-se o revanchismo francês, a Questão Alsácia-Lorena e a Questão Balcânica. A Alemanha, após a unificação política, passou a reivindicar áreas coloniais e a contestar a hegemonia internacional inglesa, favorecendo a formação de blocos antagônicos.

O vídeo abaixo traz uma amostra do mundo na Primeira Guerra Mundial e após a mesma:

As razões para a eclosão da I Guerra Mundial são uma questão complexa, uma vez que decorrem de uma multiplicidade de fatores tais como:
-Imperialismo
-Disputas prévias não resolvidas
-Um complexo sistema de alianças
-Governos não-unificados
-Atrasos e discrepâncias nas comunicações diplomáticas
-Corrida armamentista
-Planejamento militar rígido
-Movimentos Ultra-nacionalistas, como o Irredentismo.
-Algumas das origens do conflito tiveram origem em ideologias específicas que influenciaram a conduta de populações e políticos durante os anos que levariam à guerra.
-Considerando-se humilhados pelo Tratado de Versalhes, os alemães passara a nutrir um ódio sobretudo a França, e os países que o derrotaram. A primeira guerra trouxe outras conseqüências como:
- declínio da Europa, que foi duramente atingida pelo conflito - ascensão dos Estados Unidos, que a partir de então tornaram-se uma das grandes potências; - intensificação dos problemas que contribuíram para a implantação do socialismo na Rússia; - aparecimento de regimes políticos autoritários, como o nazismo e fascismo.

Esta foi a primeira guerra da qual participaram todas as principais potências do mundo, embora de certa maneira não tivesse deixado de ser, no fundo, uma “guerra civil européia”. As guerras anteriores, contudo, se restringiram à Europa e eram travadas entre Estados de economia agrícola. Em 1914 foi diferente: as principais potências envolvidas eram industriais, foram utilizados todos os novos experimentos técnicos e a população civil sentiu na carne a guerra.

A guerra gerou, aproximadamente, 10 milhões de mortos, o triplo de feridos, arrasou campos agrícolas, destruiu indústrias, além de gerar grandes prejuízos econômicos.

Em 1917, a Rússia abandonou a guerra em razão do início da Revolução. No mesmo ano, os Estados Unidos, que até então só participavam na guerra como fornecedores, ao ver os seus investimentos em perigo, entram militarmente no conflito, mudando totalmente o destino da guerra e garantindo a vitória da Tríplice Entente (Aliança militar entre o Inglaterra, a França e o Império Russo).Com final da Primeira Guerra Mundial, o mundo foi outro,houve muitos prejuízos materiais, comércio Também decaiu. Somente os países que ficaram distantes do palco da guerra, como os Estados Unidos e o Japão, conseguiram tirar proveito do comércio europeu. Também para a América Latina o conflito trouxe alguns benefícios.

A Primeira Guerra Mundial foi o prenúncio da crise total que se abateu sobre a Europa, ao mesmo tempo que marcou a mudança do centro das decisões para o outro lado do Atlântico. Também acirrou as contradições do capitalismo, a ponto de provocar o aparecimento de uma nova forma de sociedade: a socialista.

Primeira_Guerra_Mundial.jpg

Nas imagens podemos ver: Trincheiras, avião, um tanque cruzando uma trincheira, uma metralhadora automática comandada por um soldado com uma máscara de gás e o afundamento do navio de guerra Real .

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License