Grupo 1 Resenha 3
Trabalho-em-equipe-trablho-colaborativo-teamwork.jpg

"Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho" Theodore Roosevelt

BATISTA, Silvia Cristina Freitas; BEHAR, Patricia Alejandra; PASSERINO, Liliana Maria. Uso Pedagógico de Celulares: análise de estratégias pedagógicas. Campinas: Endipe/Unicamp, 2012.

O texto traz análises de experimentos com o uso de dispositivos móveis enquanto recursos pedagógicos, mais especificamente, o uso do celular dos próprios alunos. Se pensarmos que a maioria das escolas da atualidade proíbe o uso desses aparelhos dentro da sala de aula, temos este trabalho como sendo bastante pertinente para discussão em contexto educacional, considerando que, muitas vezes, a proibição do uso do celular em sala de aula decorre do simples fato de que os atores educacionais não sabem como tirar proveito de um recurso tecnológico que os alunos trazem de suas casas e a escola não tem custo nenhum.


O que parece ser um "simples fato" não é tão simples assim. Estive em sala de aula muitos anos, inclusive no primeiro bimestre deste corrente ano, e o que pude observar é que o problema do não uso ou mal uso desse recurso vai desde a falta de maturidade de nossos alunos em focar nos estudos para contribuir com sua aprendizagem, uma vez que só utilizam as redes sociais, até a falta de infra-estrutura (conectividade), como bom suporte para a rede de internet funcionar bem.

Para o uso de um dispositivo móvel são necessários projetos e um planejamento focado em um determinado objetivo, precisamos ter um diálogo com os alunos e deixar bem claro: Para que o dispositivo móvel será utilizado? Em que horário será permitido o uso do mesmo? Não podemos nos acomodar e falar que determinadas ferramentas pedagógicas são proibidas.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License