Grupo 8 - Resenha 2

A escrita colaborativa por meio do uso de ferramentas digitais: ressignificando a produção textual no contexto escolar

Este texto visa elaborar uma resenha do artigo "A escrita colaborativa por meio do uso de ferramentas digitais: ressignificando a produção textual no contexto escolar" do autor Petrilson Alan Pinheiro , publicado na revista Calidoscópio de 2011, que teve como objetivo analisar a construção de práticas de escrita colaborativa entre estudantes do Ensino Médio a partir do uso de algumas ferramentas digitais. A pesquisa se desenvolveu a partir de um projeto de ensino de uma escola estadual de Campinas-SP, em 2008.

O autor inicia seu texto explanando sobre a internet e a web 2.0, apontando as mudanças que a internet trouxe para humanidade, assim como a extensão que ela alcança, em pouco tempo, com a conectividade. Destaca o ciberespaço onde todos estão perto, mesmo estando em locais fisicamente distantes. A interação e participação democrática só passou a se efetivar com a web 2.0, a segunda fase da rede mundial de computadores, em que aponta uma série de ferramentas e motivos da internet para entender as experiências colaborativas como um momento da internet. Comparando a web 2.0 com a web 1.0, podemos observar a real mudança, em que na web 1.0 antes só haviam buscas de informações e agora com a web 2.0 há o compartilhamento e participação colaborativa nessa rede de informações. Podemos citar o Blog, o Facebook, Youtube, entre outras ferramentas em que estimulam as pessoas a interagirem e descreverem sua própria vida, formando grupos de interação, em que se é possível conhecer muitas outras pessoas, sem conhecê-las realmente. Nesse novo ambiente, as pessoas pesquisam informações, criam, publicam, interagem socialmente com outras pessoas. Nesse sentido, se encaixa o desenvolvimento da escrita. O autor retrata como exemplo a Wikipédia como exemplo de site de fácil utilização, onde o leitor pode ser um escritor.

Ainda descrevendo a escrita colaborativa como uma prática social, cada vez mais comum entre as pessoas, devido à conexão e há inexistência da distância por meio do ambiente virtual. A escrita colaborativa apresenta um resultado diferente da escrita realizada unicamente por um autor. Ela permite a inclusão de ideias e pontos de vistas de diferentes, mas com o mesmo objetivo. Essa prática da escrita colaborativa é um importante meio para aplicação em nossas escolas, para que os estudantes que não conseguem interagir oralmente em um discurso, pode interagir por meio da escrita colaborativa. A escrita colaborativa envolve também várias ações para o seu desenvolvimento, como pesquisa, discussão, apresentação de ideias, a revisão entre outras, todas voltadas para construção do conhecimento. A colaboração vem com a participação de duas ou mais pessoas envolvidas em processo. Nesse link podemos visualizar mais informações referentes às ações que podem ser desenvolvidas pelo grupo. Papéis e Funções na Escrita Colaborativa

10045615116_b40d18e894.jpg

A metodologia usada pelo autor foi de natureza qualitativa, em que utilizou parte de sua tese de doutorado. o projeto consistiu em trabalho colaborativo entre os alunos, a partir de duas ferramentas o correio eletrônico e a conversa instantânea. O trabalho foi gerado através de um projeto de ensino de um jornal digital escolar que foi desenvolvido numa escola estadual localizada no município de Campinas (SP), entre os meses de agosto e dezembro de 2008, com um grupo de voluntários composto por dezenove alunos(as) do primeiro e segundo anos do Ensino Médio do período escolar matutino, com idades entre quinze e dezessete anos, e por um professor de língua portuguesa.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License